Flexibilidade de Atendimento

Empresas são concebidas para suprir determinada necessidade mercadológica. Naturalmente, conforme o passar do tempo, grande parte das atitudes e da maneira como o negócio é visto, está pautado no principal objetivo, que é gerar riqueza (lucrar).

Dessa forma, existe uma tendência de que os critérios de decisões passem a estar vinculados majoritariamente nos interesses das indústrias ou das operações internas, em detrimento dos novos anseios de quem está lá na ponta: o cliente. Uma série de mudanças nos últimos tempos nos padrões de consumo tem pressionado as empresas a colocarem cada vez mais o cliente como ponto focal dos direcionamentos e decisões na cadeia de valor. Por isso, torna-se importante refletir constantemente sobre: 

  • Quão flexível é a estrutura industrial da sua empresa aos olhos do cliente?

  • Conseguem reagir rapidamente às mudanças de patamares de consumo?

  • Conseguem atender quantidades mínimas que atendam às necessidades do cliente?

  • Qual riqueza do mix de produtos que conseguem disponibilizar em curtíssimo prazo?

  • Qual o nível de integração dos canais de vendas na jornada do consumidor?

  • O cliente consegue sentir o serviço oferecido pela marca ou somente pelo canal de venda?

Se você percebe que sua empresa necessita de ajuda para inserir cada vez mais o cliente como foco da organização, ficamos honrados com um contato solicitando um bate-papo sem compromisso.

Contate-nos

Obrigado pelo contato!

Brevemente, entraremos em contato.